sexta-feira, 14 de fevereiro de 2014

Como se proteger das enchentes

Como se proteger das enchentes
Conscientização da População
AS DOENÇAS MAIS COMUNS APÓS ENCHENTES SÃO:
Leptospirose (transmissão pelo contato da mucosa ou da pele com cortes ou
arranhadura com água ou lama contaminada por urina de animais infectados).

Hepatites A e E (transmissão fecal/oral – direta ou indireta).

Doenças diarreicas (pela ingestão de alimentos e/ou água contaminados).

Tétano.

Traumas e lesões.

Após as enchentes e com o acúmulo de água parada, ocorre
aumento no número de casos de dengue.
Você e sua família podem contribuir para prevenir as enchentes, mas, se elas
ocorrerem, você pode proteger sua saúde…

O QUE DEVEMOS FAZER?

Antes
Não jogue lixo na rua, em lotes vagos, quintal da casa ou riachos. O lixo nas ruas
entope bueiros e as bocas de lobo, podendo provocar inundações e favorecer
o crescimento de mosquitos, ratos e baratas. O lixo jogado nos córregos pode
represar a água, causando mais enchentes.

Evite que os animais e a água contaminada entrem em contato com os alimentos.

Mantenha seu cartão de vacina em dia.

Durante
Não use água contaminada pelas enchentes para beber, lavar pratos, escovar os
dentes, lavar e preparar alimentos ou fazer gelo.

Se o abastecimento de água tratada estiver comprometido, você pode utilizar
fontes alternativas mais seguras, das seguintes formas:
- ferva a água durante 1 a 2 minutos. depois, “bata” a água, passando de
uma vasilha limpa para outra vasilha limpa ou
- adicione 2 gotas de hipoclorito de sódio 2,5% para cada litro de água e
aguarde 30 minutos antes de consumi-la.

LEMBRE-SE QUE A ÁGUA TRATADA DEVE SER
ARMAZENADA EM RECIPIENTES LIMPOS E BEM TAMPADOS

Evite andar com os pés descalços em água de enchente.Se necessário, use luvas e botas de borracha e, se não
for possível,coloque sacos plásticos duplos amarrados nas mãos e pés, evitando o contato da pele e de
ferimentos com água da enchente.

Não consuma alimentos que tenham sido contaminados pela água da enchente.

Não encoste ou coloque as mãos em postes ligados à rede elétrica.

Não deixe que as crianças brinquem com água parada ou nas enxurradas.

Depois… Hora da faxina !!!

Remova a lama e a água contaminada de sua casa.Não esqueça de se proteger com luvas e botas de
borracha ou sacos plásticos duplos, amarrados nos pés e mãos.

Limpe o piso e as paredes com uma solução de água sanitária: para um balde de 20 litros de
água, adicionar 4 xícaras de café (50 ml)ou 1 copo de 200 ml de água sanitária.

Vamos tratar a água dos poços e limpar as caixas d’água de acordo com as orientações
do agente de saúde.

Lembre-se de que, na época das enchentes, são comuns os cortes,arranhões e outros ferimentos.
Mantenha em dia o cartão de vacina e tome cuidado no momento da limpeza.

Para controlar o aumento no número de mosquitos, elimine toda água parada existente em objetos como
pneus, garrafas, vasos de plantas, latas, etc.

Cuidado com os animais peçonhentos como cobras,escorpiões e aranhas. Eles podem estar escondidos
ao redor ou mesmo dentro das casas, próximos a entulhos, lixos e alimentos espalhados pelo ambiente.

O hipoclorito de sódio 2,5% para tratamento da água de consumo é distribuído pelos postos de saúde
e equipes de PSF.

Se alguém tiver febre, diarreia, dores ou outros sintomas,
PROCURE O POSTO DE SAÚDE MAIS PRÓXIMO DE SUA CASA.

LEMBRE-SE SEMPRE:
CUIDANDO DA SUA ÁGUA, VOCÊ CUIDA DA SUA SAÚDE.

TELEFONES ÚTEIS:
Corpo de Bombeiros: 193
Polícia Militar: 190
Disque-Epidemiologia: 0800 283 2255

Fonte: http://doresdoturvo.mg.gov.br/



Nenhum comentário:

Postar um comentário

Seguidores

Google+ Badge

Postagens populares

Prestação de serviço

  • "TAMBÉM PODERÁ GOSTAR DE:"
  •